sexta-feira, 18 de maio de 2012

Quase lá...

Bom, a prova é amanhã e já estou aqui matutando que vou ter que lidar com algumas coisas complicadas que eu não estava esperando.

Acho que fiz todas as coisas que tinha que fazer e tive uma boa semana. Em algumas noites, dormi muito mal porque fiquei um pouco tenso.

E um jeito ótimo de lidar com isso foi sair bem cedinho para correr meia hora, mesmo que que não houvesse apontamento planilha. Outra coisa foi usar o trigger point para trabalhar a musculatura e relaxar, além de me ajudar a passar o tempo, já pela primeira vez faço uma prova praticamente sozinho e não tem muito como sair para comer fora a noite ( eu não curto muito sentar em um restaurante sozinho).

E ainda bem que tem o supermercado aqui do lado. Pra mim esse tipo de lugar nos EUA é a Disney.

Se me perguntassem quem eu gostaria de levar para uma ilha deserta para passar a vida eu diria, na lata, "Tem a opção "supermercado"?" ;-)))

Amigo meu me pediu um monte de coisa para levar para ele. Aí, entre uns negócios pra bike, estava escrito "colgate".

Aí pensei que peça da bike era o colgate....

Obvio que era pasta de dente mesmo. Ele até já tinha comentado que pasta de dente nos EUA é muito diferente, mas achei que ele estava exagerando na coisa, sabe?

Mas, olha, queimei a língua! Até papel higiênico aqui eu tive vontade de levar...

E os preços? Comprei um protetor solar fator 100 por cinco doletas! Suplementos? Tem em todo lugar. Powerbar pros gringos aqui é commoditie.

E o hotel aqui também é show! Tudo a mão e tem uma recepcionista que parece...huuuummm, sabem aquelas mulheres que vendem aparelho de fitness na televisão, normalmente bem cedinho? As instrutoras?

Aquelas...:-))))

Se bem que nem tudo e bom nesse e sentido....

Hoje pela manhã a privada entupiu. Aí, não tinha nada no apartamento para enfiar na privada. Eu não quis pedir para a moça da limpeza porque tava com vergonha.

Fiquei sentado do lado da privada. Dava descarga, a bacia enchia e eu esperava esvaziar.

Mas acho que a densidade da coisa parecia concreto, porque não vencia? Quase tive cãimbra de tanto apertar aquela alavanca!

E, olha, serio, acho que gastei mais água naquela privada do que a organização do Iron com a prova inteira....

Como aquilo me deixou estressado! Eu que sair para nadar, tudo programadinho....

A privada enchia rápido, esvaziava devagarinho. E eu olhando o relógio...

Tentei coca-cola e nada. Aí olhei na pia e peguei o tubinho de Listerine. Taquei lá dentro.

Putz, o que a gente não faz, hein?

Pode ter matado um monte de bactérias, mas resolveu picas...

Aí não teve jeito. Eu tinha que falar com a recepção...

Tem um gordinho, que acho que é de origem mexicana, e que é a cara do eu amigo Daniel Hammada. Aí, sei lá, simpatizei com o sujeito e achei que era menos mal falar com ele...

Aí fiquei pensando em como explicar para alguém em inglês, que a privada tá entupida. Entrei no Google tradutor, escrevia de um jeito, tentava de outro...

Fiquei estressado de novo.

Bom, depois de mais meia hora fui lá falar com o "xicano". Só que quem vem me dar "gooood morniiiinnnnng"????

Pois é, esperei demais e ele trocou de turno com a recepcionista gostosa...

Cara...

Voltei para o quarto, tomei gel, sentei do lado da provada e dei mais 57 descargas...

Vamos em frente...

Mas fazer Iron no exterior não é tão complicado como eu achava que seria.

Facilita demais o fato de que os procedimentos são praticamente iguais em todo lugar do mundo.

Outra coisa é que você tem acesso a equipamentos e acessórios que, no Brasil, nem pensar! Isso é um problema porque bate uma ansiedade e você quer comprar tudo. Vai uma bolada...

No meu caso, aproveitei para comprar coisas que pouca gente conhece, como o ecco biom e material de compressão da compresssport. Na barraca do Ironman fiz um rápa em quase tudo dada a qualidade do material. Alias, não se compara em nada essa loja com a do IM Brasil, em que há poucas opções e, nossa, que caro é aquilo....

Fora da tenda do ironman tem as tendas das marcas, as "grifes" triatléticas. Vi todas!

A teve a "tenda genérica" do loja do Cid, da Inside Outsports. Vou exagerar se disser que no espaço que a loja dele ocupa há mais produtos que na expo do IM Brasil considerando todas lojas juntas?

Olha....

Eu ganhei uma mochila com jeito de mala de transição no kit do IM Texas. Acho que o kit do IM Brasil, que é bacana, principalmente pela camisa, poderia ter também.

Enfim, se você quer fazer uma prova fora, é uma ótima oportunidade para coisas novas.

Mas considere o seguinte:o dinheiro que se gasta somente com o transporte da bike, montagem e desmontagem, vai a inscrição para Dois Long Distances. Estou falando só da bike...

É assim. Infelizmente, não estou exagerando....

Bem, falando da prova, esta tudo certo. O Rodrigo me pediu para fazer alguns treinos no percurso

Confesso que minhas expectativas mudaram depois disso.

Explico.

O Iron do Texas é considerado um dos cinco mais difíceis no mundo, sobretudo por conta da natação e da corrida, já que o pedal é feito em um percurso relativamente plano.

Mas esses rankings são meio furados, porque eles se baseiam em médias. Como no ano passado foi o primeiro Iron aqui e muita gente fez a prova pel primeira vez, os tempos são obviamente mais altos.

Então eu achei as coisas um tanto exageradas. Mas eu exagerei no "dexageramento" se é que vocês me entendem...

A natação começa em um lago, depois vc entra em um canal e fecha a natação no meio da cidade. Bem, para o meu azar, as bóias ficam do lado esquerdo e eu não tenho respiração bilateral. Me senti péssimo no reconhecimento do percurso hoje. O Rodrigo tinha me pedido para sair forte pelo lado direito, aberto. Mas vou ter que rever isso...

Outra coisas é que o canal é meio estreito vai dar bode com tanta gente. E ele fica ainda mais estreito em algumas partes.

Isso me lembra aquele cara que faz a narração das provas do Ironman em kona, quando acontece alguma merda e ele diz com aquele vozeirão...

"Oh, it's not good".

A pedal é realmente para ficar deslumbrado com a paisagem. O percurso é feito em uma área totalmente reflorestada, em trechos com fazendas e outros dentro de bosques. O inicio é descida em uma estrada que não tem buracos.

Pois é, não tem buracos mas o piso tem ranhuras. No reconhecimento que fiz do percurso, apesar de plano, eu não conseguia deslanchar porque o concreto segurava a bike.

"Oh, it's not good"

A corrida é critica. É plana, mas o calor estará na casa dos 30 graus e a umidade será de, por baixo, 80%. E o sol é ardido. O pessoal do Staff fica com protetor solar para te lambuzar porque tem historias aqui de insolação na prova do ano passado. E fazem isso varias vezes no percurso. Pior que essa, dizem, só a corrida do extinto IM da China.

"Oh, it's not good"

Bem, agora vou arrumar minha nutrição e fazer um pouco de massagem.

Depois, dormir o que dá pra dormir e ir pra lá.

Para falar a verdade, não fico nervoso. Mesmo.

Mas só me sinto realmente em paz quando saio para correr. Porque aí não dependo de mais nada nem de mais ninguém, só das minhas pernas.

E do meu coração.

4 comentários:

Hugo Leonardo disse...

Bom.. Vendo um Relato bom desse pre' prova.... espero muito ansioso o po's prova.... e felicidade nele tb!!!!

Xampa disse...

Essa da barrigada foi demais. vi a cena.
eu lembro qdo vc mandou o mapa da prova e o cansl era estranho.
mas, vai dar tdo certo.

q tdo de bom aonteça por ai. vc merece.

Abs.

Daniel disse...

Relax and enjoy de view. You're an ironman!!!!

Fábio disse...

cARA RELAXA E CURTA ESTA PROVA, AFINAL VC É IRON!!!

ABS

FÁBIO
WWW.42AFRENTE@BLOGSPOT.COM