segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Última Etapa do Trófeu Brasil de Triatlhon


Domingo, fiz a última etapa do TB, em Santos.

Sinceramente, gosto da prova lá. Mas é muito chato descer sábado, subir e voltar no domingo.

Esse ritual é muito cansativo. Nem tanto pela viagem. O problema é você andar dentro de São Paulo. Foram 5 horas entre eu sair do apartamento e voltar com o Kit na mão.

Apesar de ter ido para a prova para melhorar meu tempo, apagando a minha péssima impressão sobre Pirassununga, foi exatamente o contrário - Fui PIOR AINDA!!!!

Mas, diferentemente de Pira, isso não estragou meu estado de espírito.

Quando você treina duro e vai mal, isso é inadmissível.

Mas muito diferente é o caso quando as circunstâncias jogam contra você e pouco pode ser feito.

Ai posso chegar em último (como quase aconteceu) que não me importo.

Para começar, quando olhei aquele mar, estava impraticável para natação. Eu não tenho lastro para nadar com ondas de mais de metro....Nunca treinei isso!

Para você se ter uma idéia: tinha gente surfando enquanto a gente estava nadando! No mesmo lugar da prova, bem do ladinho!!!!

E a correnteza? Estava tão punk que a gente nadava em direção a esquerda para alcançar a da direita, que era a primeira.

Ai a bóia soltou...meu, inacreditável!

Bom, eu não consegui nadar, apenas sobreviver. Terminei a prova sem a toca, de tanta bifa que tomei na cara. Além disso tive enjôo brabo e vomitei no mar.

E, por um triz não desisti na segunda perna!!!! Na hora que eu vi que não chegava na bóia naquele mar, putz! Se não fosse o cara do caiaque me avisar para esquecer a bóia (porque ela tinha soltado) e nadar em direção a que estava presa, eu parava.

Ai, não deu outra...fui um dos últimos a sair do mar. Encontrei uns amigos que não nadam tanto assim e se viraram bem melhor: enquanto estava voltando para o mar, eles estavam terminando...

Naturalmente, perdi toda e qualquer motivação. Além disso, sai do água exausto! Destruído mesmo....

Então, já que eu tinha que pedalar, pedalei para testar as rodas Zipp.

Adorei!!!! O pedal fica mais pesado no inicio, mas quando embala...a coisa vai que vai!!!

Mas senti um pouco a coxa, como se estivesse "sem força nas pernas". E cansaço também...Pedalar está me cansando, como se eu estivesse sem pulmão. Será que é a posição em cima da bike?

Só não tenho certeza do porquê: quando peguei a bike para ir embora, a roda estava um pouco presa. Será que pedalei assim? Bem, agora não dá para saber (porque eu também cai na transição e isso pode ter dado algum problema).

Quando fui correr, foi uma beleza. Deu para fazer sub-50, mas apareceu um tempo maior porque eu esqueci a cinta com o número e tive que voltar!

Você que tá lendo isso aqui, acredita? Pois é...

Apesar de ter puxado bem na bike, sai para correr muito solto! As passadas foram na casa dos 96. Teve um cara que passei logo no inicio e na segunda perna o sujeito cruzou comigo e me diz: rapaz, como tú ANDA RÁPIDO!

Bom, essa é a idéia...(rsrsrs)

Ai fui recuperando alguma coisinha....

Bom, mas como escreve o coach, tem dia que você tem que lidar com o inesperado até a "prova perfeita" aparecer.

Domingo não foi o dia.

O resultado:

Natação: 42:46.839
Bike: 01:18:52.211
Corrida: 00:50:20.904

7 comentários:

Xampa disse...

parabens por superar essa dureza toda.
96 passadas? parabens !!! isso é para poucos, eu não saio das 87.
abs.

Claudia disse...

Vagner
Sofri como vc na natação. Sou destemida no mar mas, como vc disse, não tenho experiência em nadar contra as ondas. Isso é coisa para surfista! De qualquer modo, somos heróis, pois mal ou be, terminamos a prova. Obrigada pelo toque sobre a estrada. estou sinceramente, pensando em abrir do pedal em rodovias.
grande abraço

Emiltri disse...

Putz o mar tava grande hein?! Do jeito que eu gosto!!!!
Parabéns!

Vagner disse...

Caramba Emiliano, você parece o Ciro falando! Eu, hein?!?! ;-)))

Pablo Bravo disse...

Parabéns pelo "sofrimento" no mar..e pela prova. Só de olhar a foto já assusta heheh
Grande abraço

Ronaldo disse...

Vagnão, o mar tava pra peixe, não para nós... queria fazer em 14 e fiz em 22!!! ha ha ha que meleca...
O pedal foi bem, abaixo de 34' para 20km e a corrida só encaixou no km4, 14km/h, antes arrastei a 10km/h!!!
Abração e vamos pro internacional, blz?

Rafael Farnezi disse...

Essa foto que ilustra o post é do dia da prova??? Eu estava lá mas não tenho uma foto tão boa assim para mostrar o quanto o mar estava agitado.
Posso utiliza-la em meu blog???
Grande abraço!!!!!