domingo, 9 de maio de 2010

Semana de Treino

Faltando duas semanas para o Iron...huuuummmm....ou são três?

Bom, essa confusão retrata um pouco como me sinto: eu realmente não tô nem ai...(rs)

Diferentemente da maioria das pessoas que fica pra lá de ansiosa, contando os dias, as horas...eu sou totalmente desencanado com isso. Gosto muito da prova, mas ela não me deixa mais ansioso que as largadas do Troféu Brasil ou do Long Distance.

Seja por caracteristicas pessoais, seja porque ainda tenho que me ocupar dos treinos duros do dia-a-dia até lá, eu realmente estou até meio relapso em relação a preparação logistica que envolve o IMB. Ainda não reservei o hotel (estou vendo, mas ainda não resolvi em qual ficar) e só estou, mesmo, preocupado com o wetsuit que já está no Brasil, mas não foi entregue na minha casa.

Bem, essa semana foi dificil. Logo na segunda-feira, fiz por volta de 20 km de corrida, mas a parte central do treino foram 15 tiros moderados de 1 km. Depois de um pedal de 172 Km de domingo, achei que não iria dar. Mas, tirando os fato que de quê não consigo imprimir velocidade nesses tiros, minhas pernas estão sempre soltas. Cansa, mas consegui correr fazendo sempre a mesma média.

Logo na terça-feira pela manhã, já estava no rolo, fazendo um treino de uma hora - basicamente, 3 minutos moderado a forte, com 90 segundos de intervalo. Gosto muito desse tipo de treino - é relativamente puxado, mas longe de ser exaustivo, e me deixa "ligado" o dia todo. A noite, nadei 3 km, com esforço moderado a cada 300 metros - também sem problemas.

Quarta-feira, voltei para correr 2:40 no Campo de Marte (10 minutos a mais que na semana anterior), progressivo. Usei o cinto de hidratação e consegui correr com as pernas soltas - depois de um esforço forte no final, meu corpo respondeu bem e até poderia ficar correndo mais tempo.

Quinta-feira, dia que eu considero de "treino de descanso", não foi tanto assim. Pela manhã, foram 1:20 de rolo, com esforço moderado e forte. Mandei bem, fazendo um giro um pouco maior, em torno de 70 rpms no Big Gear. A noite, 2.000 de natação, com tiros de 25 e 100 metros - mas treino curto e tranquilo.

Sexta-feria, de novo na piscina. O Vinicius mudou, acrescentando palmar e bóia e aumentou a distância para 4.500 metros. É um exercício cuja dificuldade mental é tão grande quanto a física, porque fazer isso em piscinas de 25 metros é um saco. No final, fiquei um pouco cansado....

Sai cansado, mas no sábado as 5:00 já comecei um pedal de 2:45 na USP seguida de um corrida de 80 minutos. É o "longuinho", conforme o diz o coach. Gosto desse treino, porque dá para começar cedo, terminar cedo e aproveitar um pouco o sábado pela manhã para bater papo com o pessoal sempre simpático da Find. Dei sorte ainda de correr com o @klebercorrea, da 5ways, e fomos conversando sobre as experiências acumuladas e as expectativas do IMB.

Domingo, foi o cáspita!!! Tudo apontava para chuva e resolvi ficar me casa, fazendo rolo. Decidi que seriam 6 horas, mas a roda da minha bike deve estar com a fita vazada e os aros estão furando a câmera. Infelizmente, fiquei apenas 3:30 no Big Gear com cadência entre 50 e 60 rpms.

Mas me senti mal para burro, porque a alimentação foi exagerada. No sábado, comi massa para um esforço de 6 horas, que não fiz.

Além disso, comi lazanha no domingo e (um) bolo a tarde...dias das mães, enfim...

Nessa época, alimentação é um ponto critico para uma boa prova em Florianópolis. Eu não consigo reduzir meu peso, sempre na casa dos 85 kgs, mas subir é facinho facinho...

Agora fica essa sensação ruim....

Um comentário:

Xampa disse...

Eu me senti com a comida na boca ontem. Me arrumei para treinar, tomei a malto e 2 bcaa´s. Chego na portaria e o mundo caía lá fora. Não estava afim de me melhor e voltei pra cama.
Acordei um tempo depois com a barriga cheia de malto. Esse negócio é para correr mesmo, hehehehe